quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

nem é tarde, nem é cedo



Olha lá, pá: tu achas que nós TODOS que aqui vimos e veneramos, estamos realmente dispostos a gastar bites de conta para ver a porra dum vídeo? Hã? Achas?
Aquilo em que estamos verdadeiramente interessados é em saber se já sabes o que é um busca-pólos, em que circunstâncias o soubeste, se o prurido do peito tem a ver com o consumo imoderado de pescada, se já te ocorreu mostrar o peito e invocar alergia para persuadir a entidade parental a deixar de te acossar com o maldito peixe, enfim, merdas inequivocamente interessantes e que concorrem para te tornar uma pessoa ainda mais respeitável aos olhos do melhor da humanidade.
Já não podia continuar a deitar-me sem te dizer as coisas como elas devem ser ditas. Tem paciência.

Bom, enquanto meditas no assunto e arrepias caminho, ficas a saber que te quero um santo natal.

Sem comentários: