sábado, 4 de outubro de 2008

actualidades



O Sr. Salgueiro, presidente da Associação Portuguesa de Bancos, informou esta semana que os depósitos dos portugueses estavam garantidos até a um montante de 5000 euros por conta… Diabos me levem se o homem não parecia estar com uma valente pedrada.
Coisas que acontecem a todos, mais dia, menos dia.

Pouco depois culpava os portugueses pelo endividamento e arranjou tempo para declarar a uma rádio que “… a cultura do desenrasca, muito própria do povo lusitano, que não faz contas à vida, também não ajuda…”

Isto tudo a propósito do diálogo de um Sr. Lopes, acima representado pelo Sr. Salgueiro que vem seguindo mais ou menos assim:

Lusitano estouvado: -É pá, ó Lopes, ainda bem que te encontro. Olha lá, desenrascas aí quinhentas mocas?
O Lopes: Conhecemo-nos, caro senhor? Bom, isso agora não interessa. Tem a certeza que só necessita de quinhentas?

E assim se vão juntando letras, formando sentidos que me escapam, em obediência a uma vontade que não é minha mas de lugar que me é estranho.

Sem comentários: