quarta-feira, 4 de março de 2015

Hoje ao assar entremeada peguei fogo na minha camisola favorita. Não, não foi uma faúlha ou assim, mais uma coisa inexplicável, tipo milagre da sarça-ardente. 
Foi tão rápido que a Nossa Senhora nem teve tempo de pousar em mim e a camisola está fixe.

(2012)

Sem comentários: