quinta-feira, 14 de agosto de 2008

equívoco



Já cá não está quem falou. Então a voz que gemia atrás da moita não era a da senhora mãe do Martim Francisco?
Mesmo assim não vejo qualquer razão para enjeitar uma tão promissora mentira.

Sem comentários: