terça-feira, 12 de agosto de 2008

maria de lurdes

Esta noite sonhei com a Maria de Lurdes. Não, não aproveitei para a insultar ou para a interpelar acerca do quer que fosse. Tinha chegado com o meu tio. Fiquei um pouco embaraçado, incapaz de fazer conversa e a pensar: “afinal de contas, esta gaja é uma desgraçada. O que é que ela anda a fazer com o meu tio?” Não é isso que eu quero dizer; o meu tio é um homem apresentável, uma jóia de homem até, mas apesar de tudo, muito mais velho que ela. Além disso, o meu tio nunca se atreveria a uma coisa dessas, mais a mais naquela idade. A minha tia daria cabo dele e ele devia sabê-lo. Não perguntei nada mas pensei que se deviam ter escapado de algum casamento ou baptizado, praticamente as únicas ocasiões em que vejo o meu tio.
Estavam os dois com um ar muito enfadado. Ela e o meu tio Monteiro.

Sem comentários: